blog@qui | 7º Ano

Espaço de reflexão sobre as aulas de História | Externato Maria Auxiliadora | Viana do Castelo

22.10.06

O Nilo

Explica por que razão se diz que o Egipto nasceu da estreita colaboração do Homem com o Nilo?

22 Comments:

  • At 6:53 da tarde, Anonymous Joao said…

    Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

     
  • At 8:51 da tarde, Anonymous Jo@n@ said…

    Olá stora!!!!
    O Egipto nasceu da estreita colaboração do homem com o Nilo porque, na estreita faixa de terra, ao longo das duas margens férteis e entre dois desertos,devido ás cheias regulares entre Junho e Setembro as terras ficavam muito férteis e atraiam ao longo do período Neolitico, agricultores e pastores, floresceu a civilização egípsia, e com o decorrer dos tempos, e atraidos pela riquesa dos solos, as populações foram-se fixando e formando pequenos reinos independentes.

    Jokas pa stora!!!!!!!!

     
  • At 3:22 da tarde, Anonymous ze diogo said…

    O homem egipcio nasceu com a colaboraçao do nilo pois agu deste rio transporta substancias que sao mt fertei estas proporcionm-lhes vegetais e produtos agriculas, ou seja ajudam-nos a viver melhor

     
  • At 3:31 da tarde, Anonymous PEDRO said…

    As cheias do Nilo tornavam os campos muito ferteis...

     
  • At 3:33 da tarde, Anonymous LUIS R said…

    as chuvas tornavam os campos mais ferteis com a especie de lama que la deixavam

     
  • At 8:29 da tarde, Anonymous Elisabete said…

    oi sora:)
    Nasceu da estreita colaboração do homem com o Nilo porque a água do rio era fértil e quando havia cheias as margens do rio ficavam cobertas e quando a água do rio baixava os campos ficavam com as substancias da água e isso fazia com que os campos ficassem ferteis!

     
  • At 5:52 da tarde, Anonymous Margarida said…

    com as cheias do rio vinha meteria prima e isso fazia com que os canpos das margens ficassem mais ferteis

     
  • At 4:50 da tarde, Anonymous Rosmaria said…

    O Egipto nasceu da estreita colaboração do homem porque, o rio trazia substâncias que ajudavam a fertilizar o solo e essas substâncias chamam-se Aluvião.




    Rosmaria 7º

     
  • At 5:57 da tarde, Blogger Joao Alberto said…

    Escrevia o historiador grego Heródoto, em 450 a. C., que o Egipto era uma dádiva do Nilo. Isto quer dizer que sem o rio Nilo, uma civilização tão avançada como a egípcia não teria desabrochado. No entanto, as terras habitadas e cultivadas representam apenas quatro por cento da superfície total do Egipto. Estas terras junto às margens do rio são como que um enorme oásis natural. Já noutros lugares, o oásis alonga-se por alguns quilómetros para dentro do deserto do Sahara. Na zona do delta a norte do Cairo, o rio divide-se em vários braços. Nesta zona, os homens, em vez de viverem nas margens, preferem os intervalos entre as zonas aquáticas. Esta zona é muito fértil.
    O rio Nilo não só alimenta o Egipto como determinou, durante muitos e muitos anos, o seu ritmo anual.
    Era assim que tudo acontecia: na época do solstício de Verão, aproximavam-se as chuvas torrenciais vindas do sul e um mês depois, chegavam à embocadura do rio. Nos três meses que se seguiam, o Nilo ficava cheio e as águas saíam das margens e inundavam a planície e o delta. Depois, os egípcios faziam as sementeiras e as plantações. Era então a chamada estação das sementeiras e das plantações. Entre Janeiro e Abril, os frutos e os cereais amadureciam. Em seguida, era o tempo das colheitas.
    Para melhor aproveitarem as cheias, os egípcios criaram um sofisticado sistema de canais e de campos em socalco.A colheita dependia sempre das cheias do verão: se eram favoráveis, o Egipto produzia abundamtemente trigo e podia armazenar e exportar o cereal excedentário. Mas se houvesse excesso ou falta de água durante vários anos seguidos, haveria de certeza muita fome. Para preverem as colheitas e os impostos a cobrar, os egípcios mediam, cada mês, o nível das águas em pelo menos vinte locais.
    O Nilo não se limitava a irrigar os campos. Também os lavava do sal que tinham e arrastava os resíduos. Trazia um lodo rico em minerais que enegrecia a terra e a tornava fértil. Esta terra negra chamava-se kemet.
    É por tudo o que expliquei que se pode dizer que o Egípto nasceu da estreita colaboração entre o homem e o Nilo.

     
  • At 7:13 da tarde, Blogger Blog da Inês, a curiosa said…

    O homem ajudou fazendo canais e diques para que no tempo de cheias as águas do Nilo cheguem ao mais longe possivel, regando assim os campos mais distantes do Nilo.
    O Nilo ajudou, pois no tempo de cheias ele trazia matéria orgânica decomposta e ao inundar os campos, fertelizava a terra destes.
    **********bjs***********

     
  • At 5:56 da tarde, Anonymous teresinha said…

    ola stora!



    o nilo enchia em junho ate setembro e as terras ficavam muito ferteis e oas agricultores recolhiam as suas plantacoes e de seguida voltaa asemiar para quando chegasse o verao as plantaçoes voltassem a ficarem ferteis!


    beijinhos

     
  • At 10:31 da tarde, Anonymous maria said…

    ola professora!
    o egipto da estreita colaboraçao do nilo e da colaboraçao do homem.
    Do nilo,porque ele se enchia quando havia mais calor, e deixava a terra fertil,logo o homem xo tinha de semear e recolher sem muitos coidados.
    e dos homens tambem porque constroiram diques e canais, para armazenamento de água.

    bjs professora

     
  • At 1:15 da tarde, Anonymous Sara Filipa said…

    Olá!
    O Egipto nasceu da estreita colaboração do Homem e do Nilo porque o rio permitia as condições necessárias para a vida do Homem mas, o Homem colaborou construindo canais e diques tirando melhor proveito do Nilo que era um milagre pois corria de baixo para cima no meio do deserto.

     
  • At 2:23 da tarde, Anonymous Carolina & Mariana said…

    Pois os egipcios em vez de deixar o rio trabalhar sozinho contruiam dique e poços que permitia as terras mais afastadas do nilo tivessem agua.

     
  • At 2:25 da tarde, Anonymous sarinha said…

    ola! :D
    O EGIPTO NASCEU DA ESTREita colaboração do rio nilo e do homem porque, na estações mais quentes e secas o seu caldal estava cheio. e por onde passsava deixava lodo que tornava as terras mais ferteis para o cultivo.

    beijinhos

     
  • At 2:31 da tarde, Anonymous zé antonio said…

    A razão, é porque quando haviam as cheisa, o rio trnasbordava e cultivava os campos

     
  • At 2:33 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    t

     
  • At 2:34 da tarde, Anonymous TOMAS COSTA said…

    TOMA

     
  • At 2:41 da tarde, Anonymous tomás costa said…

    ola stora...
    homem ajudou fazendo canais e diques para que se conseguissse armazenar agua e transportala para outros sitios onde a terra era era seca e nao era fertil. O Nilo ajudou, pois no tempo de cheias ele trazia matéria orgânica decomposta e ao inundar os campos, fertelizava a terra destes.

     
  • At 11:05 da tarde, Anonymous Daniela Peixoto said…

    segundo os Egipcios foram os solos ricos e ferteis das margens do Nilo que possibilitaram o aparecimento da civilização tendo esta sido organizada pelo Faraó que era que era Rei e Deus

     
  • At 6:50 da tarde, Blogger bruno_010393 said…

    pq o rio nilo não seca mesmo passando pelo deserto do saara!!

     
  • At 11:15 da tarde, Anonymous Pedrito 7ºA Oliveira Do Hospital! said…

    O egipto é atravessado pelo maior rio do mundo:Rio Nilo.
    Este rio uma vez que apresentava cheias anuais fertelizava os campos fazendo com que os campos fossem muitos produtivos. Alem disso o Nilo era tambem uma importante via de comunicação usada pelos comerciantes.


    XAU :-)

     

Enviar um comentário

<< Home